quarta-feira, 13 de junho de 2018

Bolas de Berlim e donuts


Estas bolas de berlim , só de olhar fizeram furor, claro está tive de as fazer.
Receita super simples e bastante rápida se fizermos a massa ao mesmo tempo do jantar, a massa leveda enquanto jantamos e depois do jantar temos umas bolas de berlim acabadinhas de fazer para a ceia.
Que me dizem arriscam????

Como quis fazer experiências, decidi fazer também uns donuts, mas, no dia seguinte.
Deixei a massa cortada com o furo no meio, bem fechada com película aderente no frigorífico até ao dia seguinte de manhã para ter uns donuts fresquinhos de pequeno almoço.
Tenho a dizer que a experiência não correu como pensava, os donuts mesmo acabados de fritar ficaram muito rijos nada fofos, deve ter sido por levedarem demais.
Em contra partida as duas bolas de berlim que sobraram do dia anterior já fritas ficaram uma maravilha no dia seguinte, muito fofas.
Quanto ao creme fiz exactamente ente, mas não ficámos fãs porque não achamos doce e sabia a papas de milho (aquelas que se fazia antigamente com maisena e leite) mas nem por isso as minhas bolas ficaram estragadas, nem os donuts foram para o lixo, foi tudo comido.

Mais um aparte adorei a parte em que esticamos a massa e cortamos com um cortador ou um copo, quando vamos a fritar é realmente mais prático e não queima nem fica cru por dentro, como me aconteceu com as outras bolas que fiz como ficaram muito "grossas" queimaram por fora e ficaram cruas por dentro.
Estamos sempre a aprender.

Aqui voz deixo a receita original da massa e do creme.

INGREDIENTES para a massa:
450 gramas de farinha T65
50 gramas de açúcar
15 gramas de fermento fresco de padeiro
1 colher de chá de sal fino
25 gramas de manteiga amolecida
225 ml de leite morno
1 ovo
Óleo para fritar

Para o creme:
500 ml de leite
2 ovos inteiros
100 gramas de açúcar
50 gramas de maizena
Casca de 1/2 limão

Para polvilhar:
100 gramas de açúcar
1 colher de sopa de canela

PREPARAÇÃO
Comece por preparar a massa, misturando o açúcar com o leite morno, a manteiga e o fermento.
Coloque num recipiente amplo a farinha. Forme uma cavidade no centro e adicione os restantes ingredientes. Misture com uma colher de pau.
Adicione o ovo e o sal e misture.
Transfira a massa para a bancada de cozinha e trabalhe, com as mãos, ou com a batedeira, durante cerca de 10 minutos, até obter uma massa brilhante e elástica. Evite adicionar mais farinha.
Pincele um recipiente com um pouco de óleo. Coloque a massa, envolva com película aderente e depois com um pano e deixe levedar até duplicar o volume inicial.

Entretanto, prepare o creme:
Misture, numa taça, a maizena, o açúcar, os ovos inteiros e cerca de duas colheres de sopa de leite.
Leve o leite restante ao lume, juntamente com a casca de meio limão.
Assim que o leite ferver, retire a casca de limão, e verta sobre o preparado anterior, sem parar de mexer.
Volte a colocar tudo no tacho e leve ao lume, sem parar de mexer, até engrossar. Retire para um recipiente, cubra com película aderente, que deverá ficar em contacto com o creme para evitar a formação de uma crosta, e leve ao frio.

Quando a massa tiver atingido o dobro do volume inicial, verta-a sobre a bancada previamente polvilhada com farinha. Espalme, com as mãos ou com um rolo de cozinha, até obter cerca de 1,5 cm de espessura.
Com um corta-massas ou outro utensílio redondo, como um aro, com cerca de 5 cm de diâmetro, corte porções de massa, deverá render umas 12 a 15 unidades (as minhas ficaram exageradamente grandes e depois não tive desculpas para comer mais de duas 🤣).
Coloque cada círculo de massa, cuidadosamente, sobre quadrados de papel vegetal. Esta técnica dos quadrados de papel vegetal facilita o manuseamento na hora de fritar.
Tape com um pano e deixe repousar durante cerca de meia hora, até que os círculos cresçam mais um pouco.
Aqueça um tacho ou frigideira funda com cerca de 5 cm de óleo. É importante colocar bastante óleo. Reduza o fogo para a potência média e frite as bolas durante cerca de dois minutos de cada lado, até que fiquem douradas. Se o fogo estiver demasiado quente irão ficar escuras por fora e cruas no interior; pelo contrário, se o óleo não estiver quente o suficiente, irão ensopar na gordura.
Depois de fritas, escorras as bolas em papel absorvente e passe-as, ainda mornas, pela mistura de açúcar e canela.
Com a ajuda de uma faca de serra ou de uma tesoura, abra uma "boca" nas bolas, ou seja, como se fosse preparar uma sandes, mas sem soltar os extremos. 
Coloque o creme dentro de um saco pasteleiro, ou mesmo com uma colher, recheie as bolas


Para os donuts, cortei a massa com um copo na mesma e a parte central com o bico do saco d pasteleiro, coloquei com película aderente no frio e no dia seguinte fritei.

O creme que usei foi uma clara batida assim que fica com espuma acrescenta-se açúcar em pó até ficar com a consistência desejada, colocar em cima dos donuts já frios e enfeitar com açúcar colorido.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

terça-feira, 12 de junho de 2018

Queijadinhas de Limão





Vai umas queijadinhas de limão? Receita do chef Rui Ribeiro.
Adoramos muito obrigado pela partilha
Têm o video em Altominho.tv.
Ingredientes 
600ml leite
Raspa de limao ( tb coloquei sumo)
25 grs manteiga derretida
200 grs açúcar
100 grs farinha
2 ovos
Modo de preparação
Bater tudo e colocar em formas usei de silicone
Forno 200 cerca de 20 minutos sem ventoinha.
Deixar arrefecer para desenformar pois ficam moles.
Colocar em formas de papel.

Esparguete à Bolonhesa - Massa Fresca



Sai mais uma receita super fácil, rápida e muito aldrabada ehehe, mas de vez em quando sabe bem e não faz assim tão mal.

Fiz a massa fresca na minha máquina, com 200 grs de farinha de trigo sem fermento e 2 ovos amassei, passei pelas diversas etapas (claro que saltei algumas) e depois cortei na parte do esparguete.
Fui colocando num prato porque não tenho estendal de massa sempre com um pouco de farinha para não agarrar uma na outra.
Levar ao lume um tacho grande com água e sal, assim que a água estiver a ferver colocar a massa. 
Atenção que a massa fresca demora pouco tempo a cozer, assim que estiver cozida escorrer a água.

Numa frigideira coloquei uma cebola e 2 dentes de alho picados, um fio de azeite, assim que a cebola ficou transparente coloquei a carne, deixei fritar um pouco.
Depois usei uma embalagem da Knorr para esparguete à Bolonhesa e segui as instruções que era depois de fritar a água colocar 250 ml de água com o pó da embalagem e mexer, deixar apurar um pouco.
Servi a carne em cima do esparguete e polvilhei com umas folhas de salsa das Aromáticas Vivas.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.



sexta-feira, 8 de junho de 2018

Carbonara à Taglierie - Massa Fresca


E pronto vi no blog O diário da Inês, uma foto e dizia que era com massa fresca.

Decidi que estava na hora de voltar a usar a minha máquina, logo fiz taglierie, 200 grs de farinha e dois ovos amassar ou colocar no robot para este amassar. assim que a massa estiver elástica passar na máquina primeiro no nível 1 e depois por diante até ao 9 (seria a forma correta eu passei no 1, no 7 e no 9) depois colocar as placas na parte de corte de taglierie e cortar. Logo de seguida coloco num prato (não tenho estendal), mas coloco farinha para que não agarrem.
Depois de fazer toda a massa, coloque numa panela que já tem água e sal a ferver e controle pois a massa fresca coze mais depressa que a massa de compra.

Numa frigideira coloquei uns cubos de presunto a fritar, juntamente com uns cubos de bacon, assim que estavam fritos deitei o taglierie já cozido, mexi com cuidado e deitei 2 pacotes de natas Parmalat Carbonara, mexi mais um pouco até as natas derreterem e servi de imediato salpicado com orégão da Suldouro.
Não sobrou nada ficou maravilhoso.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.

OBS: fazer massa fresca não demora assim tanto tempo e não dá assim tanto trabalho, eu tenho de servir os jantares todos os dias entre as 19h30 e as 20h00. Costumo chegar a casa cerca das 18h30 e consegui servir esta refeição na hora certa, por isso demora tanto tempo como uma refeição normal.

Esta receita foi feita em parceria com Sulduro

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Fraisier


Desta vez fiz este fraisier para comemorar o dia da mãe, sim nós também merecemos um miminho, este foi o meu desde que fiz este bolo graças ao desafio que ficou um dos meus bolos de eleição, adoro este creme e o bolo em si super macio.

A alteração que fiz aqui foi colocar em cima compota de morango em vez da pasta de açúcar, ficou maravilhosos as fotos não fazem jus ao sabor.

Receita aqui.

Espero que se inspirem

Bom proveito



quarta-feira, 6 de junho de 2018

Lombinhos de peixe gratinados




Usei umas natas diferentes que vieram de oferta, confesso que tive algum medo mas até ficou bastante bom, um pouco liquido demais mas...

Temperar uns lombos de pescada com sal e sumo de limão, reservar mais ou menos 15 a 20 minutos.

Numa frigideira colocar um fio de azeite e alourar, assim que estiver colocar courgete ralada, cenoura ralada, alho francês cortado fininho.

Deixar refogar um pouco, temperar com sal e pimenta.

Colocar 2 pacotes de natas

Colocar num pirex o peixe e em cima os legumes, as natas e polvilhar com pão ralado e levar ao forno cerca de 30 minutos ou até estar louro.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.





terça-feira, 5 de junho de 2018

Coxas de Frango


Comprei a Paula Matias este acessório para fazer coxinhas e tinha de experimentar nós adoramos e nunca tinha feito pois achei que seria dificil moldar assim tão bonitas, e como os olhos também comem, sempre que possivel tento fazer bonito.

Pois fui a net a procura de uma receita de massa, então num tacho colocar, 2 c. sopa de manteiga assim que esta estiver derretida colocar 2 chávenas de farinha de trigo, sal q.b., mexer e acrescentar 2 chávenas de água (devia ser do caldo onde cozemos o frango mas como usei sobras de frango assado) aos poucos, mexer bem até ficar uma bola que se pespega do tacho.

Depois deixei arrefecer um pouco pois estava a queimar as mãos.

Enquanto arrefecia numa frigideira coloquei azeite, cebola picada, alho picado e refoguei um pouco até a cebola ficar transparente, acrescentei 1 c. sopa de polpa te tomate 1 c. chá de pimentão doce (Suldouro) e o frango desfiado, deixei um pouco para ganhar cor.

Depois no Chini Party coloquei um pouco de massa no buraco das coxas, apertei com a tampa, coloquei um pedaço de queijo mozarela um pouco do frango e novamente um pedaço de massa, calquei com a parte lisa e desenformei, fiz isto até acabar a massa e o frango.

Depois era suposto passar por farinha, ovo e pão ralado e levar ao congelador, mas aqui a preguiçosa não lhe apeteceu e colocou as coxinhas assim numa caixa levei ao congelador e depois de estarem congeladas coloquei num saco de plástico, assim para uma refeição onde não temos tempo de fazer muita coisa.... é sempre bom ter salgados no congelador.

Fritei conforme estava e o que achei é que estavam um pouco massudos, para a próxima não vou colocar tanta massa, mas ficaram lindas, se repararem nas fotos existe uma que é uma bola pois enganei-me e fiz na parte do chini party redonda, também ficou gira.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito



OBS: Receita feita em parceria com Suldouro



segunda-feira, 4 de junho de 2018

Carne Vaca Estufada - Robot Delicook


Assim que consegui comprar novamente a panela electrifica, decidi fazer o que mais saudades tinha, carne de vaca estufada.

Fica tão macia que adoramos, e leva tão pouco tempo que dá para fazer para o jantar durante a semana, já não é preciso esperar pelo fim de semana quando se tem mais tempo para este tipo de comidas.

Desta vez nem fiz refogado nem nada coloquei na panela tudo cru, coloquei azeite, alho picado, cebola picada, a carne de vaca partida em jardineira para cozer mais rápido, massa de pimento caseira, polpa de tomate, vinho, cominhos (Suldouro), pimenta (Suldouro), sal, Pimentão doce (Suldouro).

Fechei a panela liguem na potencia máxima na função guisar 35 minutos, quando abri vi que já estava mas eu ainda queria mais macia assim a "modes" de passar a faca e desfiar, sabem? Então coloquei mais 10 minutos.

Fiz um puré de batata instantâneo (eu sei não é tão bom, mas foi rápido e não deu trabalho nenhum).

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


Caso queiram adquirir esta panela eléctrica foi no site da goodlife, as vezes está em promoção podem entrar e registar-vos aqui, não tem só este tipo de electrodoméstico tem muita coisa, esta já é a segunda panela que compro por aqui e não tenho nenhuma razão de queixa, vem sempre a horas e bem embalado.

OBS: receita feita em parceria com Suldouro.