segunda-feira, 25 de julho de 2016

Pães de Leite - Desafio mensal a cozinhar com....



Com muito gosto este mês calhou o blog. cozinha de uma desastrada da qual também sou fã, pois tem uma coisinhas muito práticas e rápidas bem ao meu gosto.

Retirei de lá já várias receitas, mais um blog que é difícil escolher o que "copiar", a menina é uma joia ajuda sempre que pode e quando não pode ou não sabe arranja maneira de o fazer na mesma.

Estes pães de leite foram os primeiros que fiz, ficaram uma delicia, tão fofos que foi difícil cortar para colocar a manteiga :)

Uma receita a repetir por que eu devo ter falhado na parte do forno, cozi com a ventoinha ligada, isso aprendi depois que a maior parte dos pães e bolos não devem ser cozidos com a ventoinha ligada, mas a vida é mesmo assim vivendo e aprendendo, por isso tenho de repetir....

Cá vai a minha participação:

Ingredientes:

250 Grs Farinha
1c. Chá sal
1 Saqueta de fermento (usei da fermipan)
120 Ml de Leite
30 Grs de açúcar
80 Grs Margarina (usei vaqueiro)
1 Ovo batido para pincelar no fim

Modo de preparação:

Colocar os ingredientes todos excepto o ovo batido, na batedeira, eu usei o robot de cozinha na velocidade mínima e com a pá de massa de pão, durante 3 minutos, depois parei cerca de 2 minutos e voltei a ligar mais 3 minutos no mínimo.
Fiz uma bolas, nem muito grandes nem muito pequenas, e coloquei num tabuleiro com papel vegetal (não esquecer separar porque cresce bastante), pincelei com o ovo batido, e coloquei dentro do forno até duplicar o volume (cerca de 30 a 40 minutos), se estiver muito frio, ou for inverno podem colocar o forno ligado a 50º durante cerca de 1 hora e a massa leveda, (mais um truque que descobri com a desastrada, assim no inverno as massas levedam bem mais depressa)
Em seguida ligar o forno a 180º (não esquecer não ligar a ventoinha) durante mais ou menos 15 a 20 minutos, até ficarem douradinhos por cima e cozidos.

Deixar arrefecer ou não e deliciarem-se, cortem com muito cuidado que são tão fofos, mas tão fofos que se desfazem....

Obrigado desastrada pelas tuas fantásticas partilhas.

Espero que gostem e inspirem.

Bom proveito