Doce de Figo



Pronto das coisas boas que a terra nos trás, Figos o meu sogro esteve a apanhar e depois dividi, uns para comer (os mais rijinhos), uns para eles fazerem passas (para mim chamo de figos secos), outros para doce.

Sim desta vez fiz doce de figos na terra, pois pedi a sogra frascos que depois esterilizei, pesei os figos para o doce com uma balança "esquisita" (tenho pena de não ter tirado foto, é uma peça de metal que se agarra numa ponta na outra tem um gancho onde se coloca o que se quer pesar dentro de um saco de plástico) Estes tinham 4 kg, achei um exagero, mas...


era uma parecida com esta.

Bem os figos estavam mesmo muito maduros nem a casca consegui tirar, o que cortei foi o pé e o olho, depois coloquei numa panela grande e acrescentei 2,5 Kgs de açúcar (eu sei é muito pouco mas tinha medo que ficasse muito doce, por isso assim que abrir os frascos sei que não vai durar muito tempo, mas, está tão bom que não durava de qualquer maneira), e 2 paus de canela.

Deixei levantar fervura, ia passar com a varinha mágica mas, não havia, por isso deixei cozer durante cerca de 1 hora e meia mexendo de vez enquanto, ficou um doce com pedaços pois as cascas não se desfazem, mas ficaram muito moles e ficou delicioso.

Assim que apaguei o lume coloquei em frascos que já tinha esterilizado, fechei e deixei de pernas para baixo de um dia para o outro, como era muito doce e não existiam frascos suficientes, coloquei em caixas, estes vou consumir primeiro.





Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Chouriço Assado no microondas

Bolo Belém

Bolo de puré de maçã cozida (aproveitamentos)