terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Bolo Aniversário 4º Ano Frozen

Aqui ficou o maravilhosos bolo do 4º aniversário da minha pequena.

Fiz o famoso bolo de tomate que me tinha inspirado no blog Cromas da Cozinha e como foi para levar para a escolinha achei interessante fazer um bolo de tomate.

Desta vez o que fiz de diferente foi separar as gemas das claras, bater estas em castelo, para que o bolo ficasse mais fofo, e assim ficou.

As educadoras ficaram espantadas quando disse do que era o bolo, pois não sabia a tomate.

A folha de arroz foi o padrinho da pequena que teve o trabalho de fazer a montagem do desenho para eu mandar imprimir.

Ficou um bolo bastante fino e muito bonito, digno de uma pastelaria, mas, ficou bastante diferente o seu interior foi único, (na pastelaria não se fazem bolos de tomate nem outros legumes ehehe).

Cá vai...

Ingredientes:

4 Ovos
200 Grs Açúcar
1 Embalagem de polpa de tomate (usei as de 200 ml, mas podem usar tomate fresco desde que retirem a pele e as sementes)
200 Grs Farinha
1 C. Chá Fermento
3 Estrelas de anis (não gosto muito de canela mas podem substituir)
Sal Q.B.

Ingredientes do Recheio e Cobertura:

2 Embalagem de mascarpone (usei de 200 grs cada)
1 embalagem de natas (usei 200 ml de natas vegetais)
Côco ralado Q. B.
Corante azul gelo Q.B.
Purpurinas Azul gelo.

Modo de preparação:

Bater as gemas com 150 Grs de açúcar até ficar fofo e esbranquiçado.
Bater as claras em castelo com um pouco de sal até ficar bem firme, reservar.
Colocar num tacho a polpa de tomate com as gemas e o restante açúcar, deixar ferver, desligar e deixar arrefecer um pouco para ficar com o toque do anis.
Juntar a farinha com o fermento na massa das gemas e mexes com a espátula, cuidado para não retirar muito ar.
Juntar o tomate, depois de retirar as estrelas de anis, com cuidado, deve estar o mais frio possível para não cozinhar os ovos.
Depois envolver as claras também devagar para que o bolo fique fofo.
Deitar numa forma untada ou, como fiz, não quis arriscar o bolo ficar colado, coloquei papel absorvente de cozinha no tabuleiro, esta técnica não falha e quando é para bolos em tabuleiros é bem mais fácil colocar.
Levar ao forno a 180º cerca de 40 a 45 minutos, não esquecer fazer o teste do palito.
Deixar arrefecer e cortar em duas partes.

Para preparar o recheio e a cobertura:

Bater o mascarpone e juntar as natas, assim que estiver consistente barrar a parte interior com uma camada generosa e depois a cobertura e todo a volta.

Atenção como foi para colocar a folha de arroz tem mesmo de ficar bastante liso em cima, o mais possível, e para ser mais fácil alisar descobri que temos de colocar bastante creme pois fica mais fácil, eu não tenho espátula foi com a faca, mas tem de ser ir limpado a mesma em água e depois num pano, para alisar na perfeição.

Colocar a folha de arroz, esta é a parte cuidadosa, uma vez colocada não se consegue retirar, com os dedos fazer um pouco de pressão, ela vai enrugar um pouco passado uns minutos, mas ai já não mexam que é normal, está a absorver a humidade, logo volta a ficar lisa.

Não coloquei nenhum brilho tinha medo de "borrar a pintura".

Para preparar o côco "verde" é preciso algum tempo antes tipo um dia, pois é só misturar bem o côco com o corante e depois a parte chata é deixar o côco secar, podem sempre colocar no forno em temperatura muito baixa se tiverem pressa, mas se sobrar podem colocar num frasco hermeticamente fechado que dura.

Em volta coloquei côco verde (sim era para ficar azul gelo mas acho que coloquei corante a mais por isso, mas ficou lindo garanto).

Depois com o creme que tinha sobrado coloquei umas rosetas em volta (lindo para disfarças as imperfeições e claro para dar beleza á coisa)

E com um pincel espalhei purpurinas azuis em cima.

Ficou ou não maravilhoso? E não custou assim tanto.

Espero que gostem e se deliciem.

Bom proveito