quinta-feira, 6 de abril de 2017

Bolo aniversário filipe


Uma menina muiiiiito querida e amiga, que me ajuda sempre que peço, a minha salvadora.

O meu marido faz anos dia 25 de Dezembro (sim esteve este sol que se vê na foto), este ano passado (2016) fomos passar na terra, sim já vos falei várias vezes da terra, casa de campo em que a cozinha e a casa de banho fica no quintal, coisas mínimas na cozinha (quase nada, porque são só duas pessoas que lá vivem, os sogros, e não costumam fazer muitas coisas) já é muito bom o forno funcionar, mas se me esqueço de algum ingrediente....ui passo as passas do Algarve, não há mercearias e o super mais perto fica a Km de distância, resumindo, tenho de levar feito e tentar acabar lá levando todos os acessórios e ingredientes que faltam.

Desta vez aprendi, sim vamos aprendendo todos os dias mais uma coisinha, que podia fazer o bolo (tipo pão de ló) em casa e levar embrulhado em película aderente e conservar no frio, pois foi exactamente isso que fiz.

E nem vos digo nem vos conto até levei os ingredientes para fazer a cobertura e o recheio mas isto de levar tudo contado!!!! faltaram natas e lá tive de improvisar um pouco, além de que me esqueci de levar batedeira, foi uma eternidade até conseguir que ficasse minimamente em chantily....ufa mas consegui, e a falta que o saco de pasteleiro me fez? Nem imaginam enfim aqui na terra estou sempre a improvisar.

Bem vamos a receita?

Fiz duas vezes a massa porque queria um bolo alto, mas saiu furado, porque não tinha recheio (sim esqueci de dobrar o recheio também) suficiente para colocar no meio, eu cortei cada um dos bolos em 3 partes porque tenho um cortador e ficou perfeito.

Ingredientes:

Para o pão de Ló

6 Ovos
250 Grs açúcar
250 Grs Farinha
100 ml Leite
100 ml Óleo
Extracto de baunilha

Para cobertura e recheio

2 embalagem de mascarpone
1 embalagem de natas
Doce de ananás com pedaços

Para decoração:
Cerejas
1/2 tablete de chocolate derretida
fios de ovos

Modo de preparação:

Separar os ovos e bater as claras em castelo e reservar.
Numa taça colocar o açúcar e as gemas e mexer ir colocando a farinha, o leite, o óleo e o extracto de baunilha, continuar mexendo.
Misturar as claras em castelo com cuidado para não ficarem sem o ar que ganharam.
Untar uma forma e levar ao forno até estar cozido, fazer o teste do palito.
Desenformar depois de frio.
Cortar ao meio e embrulhar em película aderente, reservar no frio (no meu caso foram 3 dias.
No dia em que quer servir, fazer a cobertura batendo o mascarpone com as natas (no meu caso tive que acrescentar um pouco de leite porque achei que estava muito espesso) até ficar a consistência que achar bem para poder barrar.
Colocar um pouco no interior do bolo (como me esqueci do saco de pasteleiro tive que espalhar com uma faca) e colocar a outra parte em cima e assim por diante, deixando creme para poder cobrir o bolo todo.
Como disse me cima ficou uma cobertura um pouco rustica porque não tinha o meu saco de pasteleiro enfim, até ficou bonito.
Depois coloquei um pouco de fios de ovos que tinha feito e umas cerejas com umas folhinhas de hortelã e derreti um pouco de chocolate só para enfeitar as laterais e raspei um pouco de chocolate em cima.
Foi todo comido como sobremesa logo a seguir ao almoço e não sobrou nadinha.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito