quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Bolo de Aniversário - Meu Vamos Rir??????

Bolo de aniversário acabadinho de decorar
Bem como já disse em alguns comentários no facebook, este meu bolo de aniversário foi para rir (agora claro que no dia só não chorei porque não tive tempo).
Bem queria porque queria,, (e quando se quer tem muita força, certo?) um bolo diferente.
Então vi um bolo mágico no facebook na página As minhas perdições, mandei mensagem para a menina que é cinco estrelas, e muito sábiamente me aconselhou a ver outras receitas Coco e Baunilha e Receitas para a Felicidade para ter uma ideia de como ficava, também me aconselhou a não fazer experiência para um dia especial, mas está claro, queria porque queria e o meu querer tem muita força.
Eu não avancei, fui aos dois blogs que gentilmente ela me indicou, vi os bolos (LINDOS), decidi escrever todos os ingredientes num papel para fazer comparações, fiz tudo bonitinho (só não li atentamente as receitas, mas deve ser por isso que nunca fica nada bem á primeira).
Decidi que iria fazer um Blue Velvet (eu adoro azul).
Mão á obra e.... sabem com certeza que os corantes nunca ficam como queremos certo? Para não correr riscos no primeiro bolo que fiz coloquei meio frasco (só para garantir que ficava azul e não verde), por aqui já viram a esperteza da coisa certo?
Massa do primeiro bolo antes de ir ao forno

Fiz tudo como dizia a receita, (esperem não foi tudo igual a minha grande falha, coloquei estrela de anis em vez de vagem de baunilha) já vos conto o que se passou, para o segundo bolo como o primeiro ficou uma esponja em cima e em baixo borracha (mas com uma cor fantástica) e muito baixo, decidi fazer um segundo (assim podia colocar um em cima do outro e ficava com um bolo maior).
Fiz o segundo bolo a diferença foi não havia estrela de anis (graças a Deus e a todos os santos) e tive de colocar a vagem de baunilha (bendita que estava escondida atrás dos açúcares), mas em vez de colocar o leite no fim da massa, coloquei antes das claras em castelo, (já vão perceber), este segundo bolo ficou realmente mágico (não fosse a cor, claro já não havia corante
Massa do segundo bolo antes de ir ao forno
que chegasse e coloquei menos, prontos ficou verde), tinha uma parte esponjosa em cima, uma tipo pudim no meio e em baixo uma camada muito fina um pouco mais "cozida" que pudim, ficou muito bem, (se me tivessem dito que era melhor uma forma de fundo amovível, teriam-me facilitado a vida, mas nem esta idiota se lembrou que se era para ficar tipo pudim, quando se desenforma cai tudo... mas adiante).
Segundo bolo e suas camadas

Depois de fazer o segundo bolo, toda contente deixei arrefecer bem para desenformar, claro está assim que o virei ao contrário para um prato..... lá vai pudim, não me rendi o que é que pensam, eu tinha de ter um bolo de anos, depois de colocar o recheio fiz uma montagem (à mão) do pudim em cima do primeiro, como não ficou direito, fiz uns montes com a cobertura, deitei umas porpurinas e ficou excelente como todos disseram. É aqui que entra nem tudo o que de vê é... pois, a tarde quando foi para ir cantar os parabéns... o pudim tinha dado de si e o bolo tinha montes de rachas, tudo a cair, mas não perdi a compostura e com uma colher e uma faca lá endireitei a coisa, depois era para colocar 37 velas (eu adoro os bolos com montes de velas e todos os anos são assim) mas assim que coloquei uma vi que estava a afundar, cantamos mesmo assim, disse para mim, e rápido antes que fique sem vela.
Bolo passado algumas horas, na hora de servir a engolir a vela

lá cantamos os parabéns e coisa até estava a correr mais ou menos, até que se cortam as fatias (não imaginam como foi difícil colocar uma fatia direita no prato só para a foto), mas lá conseguimos, assim que começamos a comer.... o segundo bolo (verde) estava bem bom, saboroso e tal, o primeiro (azul) olhem para terem uma ideia nem a cadela que come tudo quis, não conseguimos comer de jeito nenhum, estava mesmo intragável, o anis deixou um sabor horroroso no bolo.
A guerra de cortar uma fatia para a foto

Aqui depois de muito custo uma fatia direita


Ahh já agora fiquem a saber que os meus filhos adoraram ficar com a língua toda azul já o marido não achou grande graça, e no dia a seguir quando fomos á casa de banho???? nem vos conto tudo azul....,
Foi a primeira vez que tive de mandar um bolo para o lixo, mas não se conseguiu comer, não foi pelo corante foi mesmo pelo sabor que o anis deixou, não aconselho a ninguém.
Depois deste testamento vamos ás receitas????
Já sabem alterem em muito a primeira porque o anis não aconselho mesmo.

1ª bolo assim que saiu do forno

E tinha de ficar alguma coisa agarrada á forma, claro!!!


Ingredientes Primeiro bolo (azul)

4 Ovos
150 Grs de Açúcar
125 Grs Margarina derretida (usei vaqueiro liquida)
115 Grs de Farinha
500 Ml de leite (entornou no fogão por isso foi menos um pouco)
10 Grs de cacau (usei achocolatado era o que tinha)
sal q.b.
corante azul (3/4 do frasco)
3 estrelas de anis
Forma de 22 cm foi a que usei, untada com margarina.

Modo de preparação:

Bater as claras em castelo e reservar.

Levar ao lume o leite com a estrela de anis (substituam por vagem de baunilha), assim que estiver quase a ferver apagar e reservar até ficar morno ou frio.

Bater as gemas com o açúcar e o corante até ficar bem mexido tipo gemada, junte a manteiga, e o cacau e continue a mexer, junte a farinha o cacau o sal e vá mexendo para que fique tudo bem ligado.

Juntar as claras batidas em castelo com muito cuidado para não perder muito ar.

Retire as estrelas de anis e já juntando a massa o preparado de leite com cuidado, vai ficar uma massa muito liquida mas é mesmo assim.

Colocar numa forma untada e levar ao forno pré aquecido a 150 º durante 50 minutos.
Não desenformar logo esperar que arrefeça, pois é um bolo muito "mimoso".

 Ingredientes do Segundo Bolo (verde)

4 Ovos
150 Grs de Açúcar
125 Grs Margarina derretida (usei vaqueiro liquida)
115 Grs de Farinha
500 Ml de leite (entornou no fogão por isso foi menos um pouco)
10 Grs de cacau (usei achocolatado era o que tinha)
sal q.b.
corante azul (1/4 do frasco, foi o que sobrou :( )
1 Vagem de baunilha aberta e raspada
Forma de 22 cm foi a que usei, untada com margarina.

Modo de preparação:

Bater as claras em castelo e reservar.

Levar ao lume o leite com a vagem de baunilha aberta e raspada, assim que estiver quase a ferver apagar e reservar até ficar morno ou frio.

Bater as gemas com o açúcar e o corante até ficar bem mexido tipo gemada, junte a manteiga, e o cacau e continue a mexer, junte a farinha o cacau o sal e vá mexendo para que fique tudo bem ligado.

Coe o leite e vá juntando à massa o preparado de leite com cuidado, vai ficar uma massa muito liquida mas é mesmo assim.

Com a espátula juntar as claras sem que estas percam muito o ar.

Colocar numa forma untada e levar ao forno pré aquecido a 150 º durante 50 minutos.

Não desenformar logo esperar que arrefeça, pois é um bolo muito "mimoso".

Ingredientes para recheio e cobertura:

2 Embalagens de mascarpone
400 ml de Natas Vegetais (não adicionei açúcar porque as natas já são açucaradas)

Bater com a varinha as natas, assim que começarem a ficar montadas juntar o mascarpone e continuar a bater até ter a espessura do chamtily.

A montagem é normal, como não se consegue cortar o bolo é colocar um em cima do outro (mais uma coisa que não aconselho) se o primeiro sair bem (talvez usando uma forma de fundo amovível) decorem assim mesmo se quiserem, não tentem colocar um em cima do outro, porque como já disse são bolos frágeis e depois cai tudo.

Espero que gostem e se inspirem (aprendam com os meus erros)

Bom proveito.



7 comentários:

  1. O que eu me ri contigo! Eu considero-me uma pessoa persistente, mas perante tanta peripécia eu acho que teria desistido e teria cantado os parabéns em cima de uma bolacha-maria! É que quando precisamos que corra tudo bem é que parece que corre tudo mal! Mas depois de tudo passar, até conseguimos achar graça e além do mais serve para aprendermos e não cometermos os mesmos erros da próxima vez! Muitos parabéns! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isso não me lembrei da bolha maria mas lembrei de um queuque, fogo, quando mais se precisa menos conseguimos.
      Mas não devemos desistir. Obrigado

      Eliminar
  2. Ai o que me ri aqui a ler estas peripécias :)Achei um piadão ao cão que nem ele o quis... Também já fiz o blue velvet e a mim tb não me correu bem. Estava bom mas a cor... horrorosa!
    Parabéns atrasados e para a próxima o bolo de certeza que sai bem!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, a parte do cão é mesmo verdade se me acompanha já deve ter percebido que a minha cadela é levada da breca, ela come tudo o que apanha á frente. Este natal foram 2 bolos reis inteiros só tivemos tempo de tirar uma fatia cada enquanto estava morno, depois... ficou em cima da mesa grande erro, ela sobe e sem barulho come sem ninguém ver, hoje guardamos tudo dentro do forno em cima do frigorifico, por isso para ela não ir ao lixo comer, dá para imaginar o sabor...

      Eliminar
  3. Estava mortinha por saber a história toda do bolo :) mas olha que eu até sou paciente mas neste caso, depois do primeiro correr mal, saltava logo para uma receita que conhecesse. Não teria a tua coragem ;)

    ResponderEliminar
  4. É pena que tenha corrido tão mal, foi uma saga extraordinária :P Mas o bolo até ficou bonito!
    (nunca usei anis, agora fiquei sem vontade)

    ResponderEliminar

Estejam á vontade para dar sugestões, ideias e criticas construtivas, estou aqui para tirar duvidas e ajudar sempre que possivel.
cozinhaanita@gmail.com