quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Sonhos de castanha com mel escuro de especiarias



Esta receita aprendi num workshop da Cuisine Companion da Moulinex que fiz na Academia Vaqueiro.

Adorei a experiência, foram muito simpáticos e o Chefe Pedro Duarte explicou uma data de dicas fantásticas.

Deu-nos uma receita de natal um pouco fora do normal mas ficou fantástica, e, a calda uma divindade agora faço e não uso só nos sonhas nas filhós também fica deliciosa.

Vou colocar aqui a receita para a máquina, se bem que como não tenho fiz de modo tradicional.

Super simples.

Ingredientes:

500 Grs Castanhas Congeladas (usei castanhas cruas e tive de descascar tudo)
7 Dl de água ( não sei a quantidade que usei, como disse fiz no tacho)
4 Ovos (gemas e claras separadas)
3 C. Sopa de Vaqueiro Liquida
0,5 Dl Vinho Moscatel
1 Laranja (raspa e sumo)
350 Grs Farinha (convém ir colocando aos poucos porque depende das castanhas se ficam muito "aguadas" ou mais secas)
40 g. Fermento em pó
1C. Café erva doce
1 C: Chá sal grosso
60 Grs de açúcar (se não quiserem colocar é opcional, porque se passarem os sonhos por açúcar e canela depois podem ficar muito doces)
Óleo para fritar

Para Calda:

300 Grs mel
2 C. Sopa de molho de soja
2 C. Sopa de água
especiarias (1 pau canela, 1 estrela de anis, 2 cravinhos, 5 cardomomos, 10 grãos de pimenta)


Modo de preparação dos Sonhos:

1. Deite a água na taça (sem acessório), tape e inicie o programa de Vapor.
2. Disponha as castanhas dentro da panela de vapor e tape-a. Logo que a água na taça esteja a vaporizar bem, monte a panela no topo da taça. Deixe cozer as castanhas a vapor, até concluir o programa. Quando estiverem macias e cozidas, retire as castanhas e reserve-as de parte. Lave e limpe a taça e recoloque na base.

  • Modo tradicional: coloque um tacho ao lume com as castanhas (se forem normais é melhor dar um golpe para cozerem mais depressa) e assim que estiverem macias e cozidas retire do lume e reserve. (se tiverem casca é altura de descascar)
  • Se forem castanhas congeladas e quiserem cozer a vapor, podem sempre colocar um escorredor no tacho com água e nele as castanhas, tapar e deixar cozer até estarem macias.
3. Separe os ovos em gemas e claras, para tigelas diferentes. Deite na taça as castanhas cozidas, as gemas (reserve as claras, para uso mais adiante), a vaqueiro liquida, o moscatel, a raspa de laranja e o sumo da mesma, com a lâmina de amassar/triturar. Misture na Vel. 7, durante 1 minuto.
  • Modo tradicional: com um garfo esmague as castanhas, (não muito para ter alguns pedaços para uma textura diferente), juntar numa tigela junte as gemas (já separadas das claras que vão ser batidas em castelo mais adiante), a vaqueiro liquida, o moscatel, a raspa e sumo da laranja e misture tudo (ou com robot, ou com colher de pau).
4. Adicione a farinha, o fermento e a erva-doce, e volte a misturar na vel. 6, durante 30 segundos, ajudando com espátula. Transfira a massa para uma taça larga e reserve, para que repouse durante 5 minutos. Lave e limpe a taça e recoloque na base.
  • Modo Tradicional: colocar a farinha, o fermento, erva-doce e mexa até estar tudo bem envolvido.
5. Coloque as claras e o sal na taça, com o acessório batedor. Bata na vel 7, durante 6 minutos, sem a tampa de regulação de vapor. A meio-tempo, aumente para vel 8, adicione o açúcar pelo orifício da tampa, e deixe concluir o tempo. Retire as clara e envolva-as cuidadosamente na massa de castanhas, usando a espátula. Lave e limpe a taça e recoloque-a na base.
  • Modo tradicional: Bata as claras em castelo, vá juntando o açúcar aos poucos (se assim o desejar). Assim que estiverem em castelo junte á massa de castanhas com uma espátula ou colher de pau muito devagar para não tirar o ar das claras.
6. Frite colheradas da massa em óleo bem quente, vá virando com a ajuda de um garfo pois não são sonhos normais que se viram sozinhos, deixe cozer em lume baixo. Retire com a espumadeira e coloque num prato com papel absorvente. Se preferir pode passar alguns por açúcar e canela ou simplesmente sirva com a calda.
  
7. Deite na taça o mel, o molho de soja, a água e as especiarias (atenção dar uma pancada nos cardomomos para que libertem sabor), sem colocar acessório. Programe a 80º C, vel 1 durante 8 minutos, mexendo a meio tempo com a espátula. Findo o programa, transfira o mel para uma taça pequena e reserve, até que arrefeça por completo.
  • Modo tradicional: Junte todos os ingredientes num tacho, leve ao lume até aquecer um pouco (não deixe ferver - foi isso que me aconteceu e por isso a foto tem tanta espuma- ) eu gosto do molho morno por isso se arrefecer podem sempre aquecer um pouco no microondas mas nunca ferver.
Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.




3 comentários:

  1. Linda, a sonhar fiquei eu agora! Nunca comi sonhos de castanhas e só me apetece ir à correr fazer! Vou levar a receita pois devem ser de comer e chorar por mais! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Fiquei curiosa com o sabor desses sonhos de castanha,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  3. Ficaram uns sonhos bem diferentes e muito bons :)

    ResponderEliminar

Estejam á vontade para dar sugestões, ideias e criticas construtivas, estou aqui para tirar duvidas e ajudar sempre que possivel.
cozinhaanita@gmail.com